Circuito Andino – Bariloche

Preparado para curtir uma das cidades mais badaladas da Argentina??

E aí Traveller!!! Tudo bem contigo?

Hoje nossa jornada segue rumo a Bariloche, essa cidade tão esperada por muitos durante o Circuito, e serão 3 noites por lá, então temos muito o que aproveitar!!

Vamos nessa!!

Partimos de Puerto Varas de manhã cedinho, logo após um café da manhã bem gostoso e reforçado em nosso hotel, e passamos esse dia na estrada, admirando as belezas entre Chile/Argentina e tirando muitas fotos durante nossas paradas.

Chegamos no começo da noite ao hotel, e recomendamos um bom jantar e uma boa noite de sono.

1º dia em Bariloche

Nesse dia especial, faremos o famoso Circuito Chico que é uma das atrações principais desse roteiro também e tem a duração de 3 a 4 horas e 65km percorridos.

Então partindo do centro da cidade, começamos a subir as montanhas para o começo do nosso passeio, e durante esse trajeto, bosques e lagos nos recepcionam e nos brindam com paisagens mais lindas.

Margeamos o Lago Nahuel Huapi, passamos pela Villa Llao Llao, até chegamos a Puerto Blest, onde faremos uma parada rápida pois nos aprofundaremos neste belo passeio em outro dia em Bariloche, seguimos pela Villa Tacul até chegarmos no Lago Escondido e suas águas escuras, é um outro belo cartão postal desse dia.

E prosseguimos em frente até chegarmos ao Punto Panoramico, um mirante à 965m do nível do mar que nos dá a bela imagem panorâmica da cadeia de montanhas a frente e o Lago Moreno logo abaixo de nós.

Durante o inverno, geralmente pegamos neblina nesse ponto do passeio, e no verão, temos o sol iluminando todo o vale, e é uma vista incrível, digna de vários clicks.

Seguimos em direção ao Cerro Campanario, que é o ápice do Circuito Chico, por lá podemos subir o cerro pela trilha ou se preferir uma aventura maior, podemos subir de teleférico, e assim temos uma visão sensacional de todo o lugar.

Depois de fazermos todos esse passeio é hora de retornarmos à cidade…

Ao longo de todo o Circuito Chico, têm bares, restaurantes e confeitarias na qual você pode se deliciar e experimentar as delícias locais.

Retornamos ao hotel de tarde e temos o resto do dia livre para explorarmos a cidade, sugerimos conhecer o centro da cidade e experimentar algum restaurante no qual tens vontade e curiosidade de conhecer.

2º dia em Bariloche

E neste dia lindo, vamos nos aprofundar nas belezas e paisagens de Puerto Blest, que é uma península magnífica com a natureza em volta e é um belo cartão postal para que você possa tirar aquela foto de cabeceira.

Puerto Blest nos brinda com águas de cor azul turquesa em tons que variam conforme a luz do dia e podem ser esverdeadas dependendo da época do ano, é simplesmente magnífico.

Nosso caminho até Puerto Blest começa em um Catamarã, que nos leva ao nosso destino, esse trajeto leva em torno de 1h20 e é um bom momento para quem curte meditação e conexão com a natureza.

Sabe aquela famosa foto dos turistas segurando um pedaço de pão e uma gaivota pegando em pleno voo, é aqui!!

A navegação pelo Nahuel Huapi é bem tranquila, e como não tem balanço, não se enjoa nesse passeio, e assim que desembarcamos, temos a disposição um restaurante e banheiros, quem já quiser forrar o estômago, pode ficar à vontade, e quem quiser andar pelo lugar para apreciar a linda vista, também é validíssimo.

Temos a opção de fazer uma navegação pelo Lago Frias ou Lagunas Frías como é conhecido na região.

E também temos a opção de seguir as trilhas até as Cascatas de Los Cántaros.

Após esses passeios maravilhosos, é hora de fazer umas comprinhas no centro, e a dica que damos é que levem as famosas geleias de Rosa Mosqueta, que contém muitas propriedades excelentes para o organismo.

Sobre a noite, sugerimos passear pelo centro e vai aqui algumas dicas:

El Patacón, um dos restaurantes mais famosos da cidade, possui pratos típicos da região e a comida é divina,

Cassis, para aqueles que querem fazer dessa noite, um romance argentino, essa é a dica perfeita, ele fica um pouco afastado do centro da cidade, mas vale muito a visita, por lá você encontra uma carta de vinhos excelentes e belos pratos para dividir com a pessoa amada, ou com aquele(a) crush que conheceu na viagem…

Ice Bar, o famoso bar de gelo de Bariloche, é também uma boa pedida para comemorar a viagem e brindar a vida!

Familia Weiss Restaurant, um restaurante alemão e clássico em Bariloche, serve uma carta bem variada de carnes, queijos e vinhos, vale a pena pensar nessa opção também.

3º dia em Bariloche

E nesse dia damos um até breve para Bariloche, e partimos do hotel logo após o café da manhã, rumo a Buenos Aires… Vem mais aventura e Tango por aí!

E aí Traveller? Gostou da nossa passagem por Bariloche?!

Deixe nos comentários o que achou… e nossa próxima parada será em Buenos Aires!!

Até mais e grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *